fbpx

Artigos

Boas práticas para períodos de racionamento de água

Boas práticas para períodos de racionamento de água

Período pede cautela no consumo e conscientização por parte dos condôminos e de colaboradores

Muitas regiões do país passam por momentos de racionamento de água nos últimos meses, devido à falta de chuva que gerou uma crise hídrica, caso de Curitiba e Região Metropolitana e de outras partes do Paraná.

Ser prudente no uso é primordial para coibir o consumo exagerado que se reverte no aumento da tarifa ou até mesmo na falta de água. É importante que os condomínios incentivem o uso consciente, principalmente aqueles que não possuem a medição individual, para que ninguém seja prejudicado e a sociedade possa superar este momento difícil.

De acordo com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), é preciso economizar 20% da água consumida em um mês em Curitiba e Região, tendo em vista que a crise hídrica deve continuar, para que os reservatórios que abastecem a região possam recuperar o seu volume. Para isso, é preciso a colaboração de todos com muita orientação e incentivo para o consumo consciente.

Vamos dar algumas dicas de boas práticas que podem ser aplicadas entre os condôminos e os próprios colaboradores do condomínio.

Que tal aplicar no seu condomínio?

Aos condôminos

Não é difícil reduzir o uso de água na residência, mas é preciso adotar certos hábitos simples, como fechar as torneiras ao escovar os dentes, ao se ensaboar, fazer a barba ou ao lavar a louça; reduzir o tempo do banho; acumular roupa para lavar de uma única vez (o mesmo vale para máquina de lavar louça).

Também é possível reaproveitar a água da máquina de lavar em outras lavagens ou para a limpeza do banheiro, molhar o jardim e as plantas. A água que escoa no chuveiro até esquentar pode ser reutilizada: que tal deixar um balde dentro do box para captá-la e depois reaproveitar na descarga ou em outros locais?

Para as caixas de descarga acopladas no vaso sanitário, que têm vazão aproximada de 6 litros, pode-se colocar uma garrafa pet de 1 litro com terra ou pedra dentro. Assim, economiza-se 1 litro de água por descarga. Parece pouco, mas ao final do mês em uma casa com quatro pessoas, são cerca de 500 litros economizados.

Fique de olho também nos vazamentos e encanamentos para corrigir qualquer imperfeição. Para diminuir a vazão de água, existem redutores que controlam a saída e são facilmente instalados nas torneiras, caso sinta a necessidade. Esses itens são encontrados facilmente nas lojas especializadas.

Ao condomínio e colaboradores

Manter o uso consciente entre os colaboradores que trabalham no condomínio é tão importante quanto educar os condôminos: é preciso dar o exemplo.

Se preciso, deixe informativo salientando o uso da água com cautela, principalmente para a equipe que faz a limpeza e trabalha diariamente com água. Reforce os comunicados sobre as datas de rodízio, sugerindo que o uso seja destinado apenas à higiene pessoal nos períodos de não fornecimento.

Para os condomínios com medição coletiva, o ideal é que seja realizada a individualização dos hidrômetros, para que cada condômino arque com o valor real que gastou. Medições coletivas podem fazer com que as pessoas consumam exageradamente, tendo em vista que a conta será dividida entre todos. A mudança é justa também com aqueles que usam a água de forma sensata e controlada e para as unidades com menor número de moradores.

Segundo a lei 13.312/16, a partir de 2021 as construtoras precisam entregar os condomínios com a leitura individual de água, paga pelo o que gasta. Em condomínios mais antigos, é possível fazer a mudança, seguindo os procedimentos das companhias de abastecimento.

Direcione a água que passe pelas calhas para ser armazenada em galões ou outros recipientes. Ela pode ser reutilizada na lavagem das áreas comuns do condomínio, limpar os vidros e para cuidar do jardim.

Tem piscina no condomínio? Cubra com uma capa enquanto ela estiver inutilizada. Isso evita a perda de água por evaporação e ajuda a mantê-la limpa. E não esqueça de revisar periodicamente a bomba e o filtro.

Com essas ações – ou parte delas -, além da economia para evitar a falta de água em um futuro próximo, ganha-se com a educação dos condôminos no uso da água e contas mais baratas para todos no fim do mês.

 

07/04/2021 | Categorias: Uncategorized

Compartilhe:

Quer mais artigos?

Estamos prontos para trabalhar com você.

Solicite uma avaliação de seu condomínio e saiba como a Administradora de Condomínios Mineira pode te ajudar.

Solicite uma proposta