fbpx

Artigos

O que é uma administradora de condomínio?

O que é uma administradora de condomínio?

Você sabe qual é a responsabilidade de uma administradora? E qual é o papel do Síndico? Entenda mais sobre o assunto no artigo abaixo

Um Condomínio, seja comercial ou residencial, que contrata uma administradora de condomínio não precisa ter síndico, certo? Errado. Muitas pessoas interpretam que a empresa contratada para realizar diversas atividades nos condomínios tem o papel de substituir o síndico, o que passa longe da realidade.

A principal função de uma administradora de condomínio está em auxiliar o Síndico em suas atribuições e responsabilidades do dia a dia, solucionando as questões de convivência, administração e financeiras relacionadas ao condomínio.

De maneira geral, a administradora de condomínio pode contribuir com uma série de tarefas de ordem administrativa, de recursos humanos, financeira e também com a orientação em aspectos legais ligados ao regimento interno dos condomínios e de respeito à convenção coletiva, assim como assessorar em assuntos importantes, como na realização de assembleias e elaboração de atas, entre outras atribuições.

No entanto, por mais que uma empresa como essa tenha a responsabilidade de auxílio, a tomada de decisões será sempre do condomínio, seja por ordem do síndico ou por decisões da assembleia de condôminos.

Cada macaco no seu galho

O síndico é o representante legal do condomínio, eleito pelos condôminos. Ele tem a obrigação de zelar pelo condomínio em todas as esferas, seja na seleção e contratação de empregados, na gestão financeira do condomínio, na manutenção predial, bem na fiscalização do cumprimento da convenção e regimento interno, resolução de conflitos, dentre outras. Além disso, é obrigado a prestar contas de sua gestão anualmente ou quando houver algum questionamento por parte de uma unidade.

Como se pode notar, a responsabilidade do síndico é grande, e, considerando ainda que nem sempre o síndico tem tempo disponível para lidar com todas estas obrigações sem comprometer o seu trabalho e bem-estar, é importante ter ao seu lado uma administradora de condomínio, que dará suporte no desempenho destas funções.

Confira algumas atribuições de uma administradora de condomínios

O contrato entre a administradora e o condomínio vai estabelecer as responsabilidades e direitos das partes envolvidas. No entanto, abaixo, é possível visualizar algumas das tarefas que podem ser realizadas pelas administradoras no suporte prestado ao síndico.

Gestão administrativa 

Dar apoio na gestão de documentos; assistência nas assembleias e elaboração e registro de atas; coleta de orçamentos para eventuais serviços; atendimento a fornecedores; elaboração de planilhas; gerenciamento de seguros; entre outras.

Gestão de Recursos Humanos 

Recrutamento e pré-seleção de empregados para diferentes tarefas; elaboração de contratos de experiência; registro dos empregados, atendimento das exigências do e-Social, organização de escalas de revezamento e de férias; elaboração de folha de pagamento; recolhimento de FGTS, INSS e Imposto de Renda; aquisição de uniformes; entre outros.

Gestão Financeira

Elaboração de previsões orçamentárias; desenvolvimento do quadro para rateio de despesas; emissão de boletos; cobrança de devedores; prestação de contas mensais; gestão de conta bancária; obtenção de certidão negativa de débitos de tributos e contribuições;

Conseguimos explicar o que é uma administradora de condomínio e suas principais funções? Caso tenha ficado com dúvidas, entre em contato com a Mineira e converse com os consultores. Eles terão prazer em ajudar!

20/04/2018 | Categorias: Administração de Condomínios

Compartilhe:

Quer mais artigos?

Estamos prontos para trabalhar com você.

Solicite uma avaliação de seu condomínio e saiba como a Administradora de Condomínios Mineira pode te ajudar.

Solicite uma proposta